Embraer cria fundo de R$131,3 mi com BNDES

quarta-feira, 7 de maio de 2014 10:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Embraer anunciou nesta quarta-feira o lançamento de um fundo de investimento em participações para o setor aeroespacial em conjunto com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e outros dois parceiros, com patrimônio inicial de 131,3 milhões de reais.

Segundo a Embraer, o fundo é o primeiro na América Latina voltado para o setor. Além da fabricante e do banco de fomento, participam do fundo a Finep --vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação-- e a Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP).

Do valor total, Embraer, BNDESPar e Finep responderão por 40 milhões de reais cada, enquanto o Desenvolve-SP terá 10 milhões e 1,3 milhão de reais serão aportados pela PortBank, que também será gestora do fundo.

A fabricante de aviões informou que o fundo terá como objetivo fortalecer a cadeia produtiva aeroespacial, aeronáutica, de defesa e segurança e promover a integração de sistemas relacionados a esses setores por meio de apoio às pequenas e médias empresas.

O fundo, tipicamente de capital empreendedor (venture capital), será destinado a empresas de pequeno e médio porte, com faturamento bruto de até 200 milhões de reais por ano, no Brasil.

(Por Roberta Vilas Boas)