China encerrará mais capacidade de aço, mas fração ainda é pequena

quinta-feira, 8 de maio de 2014 08:58 BRT
 

PEQUIM, 8 Mai (Reuters) - A China elevou sua meta de fechamento de capacidade antiga de fundição de aço para 28,7 milhões de toneladas em 2014, disse o ministério da Indústria nesta quinta-feira, conforme tenta refrear instalações ineficientes e poluidoras.

O número está acima da meta de fechamento de 27 milhões de toneladas incluída em relatório governamental entregue pelo premiê Li Keqiang em março, embora ainda seja apenas uma fração da capacidade geral depois que a produção de aço bruto atingiu 779 milhões de toneladas no ano passado.

Pequim vem tentando forçar indústrias como as de aço, cimento e alumínio a atualizar tecnologias e fechar instalações obsoletas, em uma tentativa não só de melhorar a qualidade do ar mas também de combater excessos de oferta que têm erodido os lucros e colocados dezenas de instalações à beira da falência.

Os esforços da China de fechar siderúrgicas não deve ter um impacto relevante sobre a produção de aço bruto, disse Alvin D'Almaida, um analista da Wood Mackenzie, em uma conferência do setor em Cingapura.

"Muito da capacidade fechada será direcionada a instalações pequenas e obsoletas, muitas das quais já estão paradas. O fechamento de grandes siderúrgicas é improvável dado o impacto no emprego e o alto nível de dívida não paga que isso criaria", disse ele.

(Por David Stanway)