Minério de ferro cai à mínima de mais de 1 ano e meio na China

quinta-feira, 8 de maio de 2014 12:34 BRT
 

XANGAI, 8 Mai (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado à vista da China recuaram nesta quinta-feira ao menor patamar em mais de um ano e meio, com reduzido interesse de compra por parte de siderúrgicas em meio a um aperto de crédito e altos estoques nos portos chineses.

O minério com teor de 62 por cento de ferro, referência para o mercado, atingiu 103,70 dólares por tonelada, queda de 1,3 por cento, registrando o mesmo valor de 25 de setembro de 2012, segundo dados do Steel Index.

Bancos chineses têm reduzido o crédito para o setor siderúrgico com preocupações de um crescente aumento no risco de calote.

"Tem sido difícil vender esta semana, e não há novos pedidos neste momento", disse um operador de minério de ferro em Pequim.

"As siderúrgicas estão pressionando por preços menores, mas não podemos vender muito barato, e então achamos que os preços se manterão acima de 103 dólares por tonelada", acrescentou ele.

A China importou 83,39 milhões de toneladas de minério de ferro em abril, o segundo maior volume mensal já registrado e uma alta de 12,75 por cento sobre março.

Usinas e comerciantes de minério têm comprado com o uso de cartas de crédito, para vender o produto e tentar fazer caixa, segundo analistas.

Os estoques de minério nos principais portos da China subiram a um recorde de 112,63 milhões de toneladas ao final de abril, piorando o nível de sobreoferta, disse a Associação de Ferro e Aço da China (Cisa), na quarta-feira.

A elevação sazonal na demanda por aço encorajou as siderúrgicas a manter a produção elevada, mas um crescimento menor que o esperado na economia pesou sobre os preços.   Continuação...