Captações domésticas de renda fixa caem 45% em 2014 até abril, diz Anbima

quinta-feira, 8 de maio de 2014 20:54 BRT
 

SÃO PAULO, 8 Mai (Reuters) - As captações corporativas no mercado doméstico de renda fixa desabaram 45 por cento no ano até abril, mostrando o reflexo do cenário macroeconômico mais adverso do país sobre o apetite das empresas para captar recursos.

Segundo a Anbima, que representa as instituições do mercado financeiro, no período as operações de dívida movimentaram 27,9 bilhões de reais, contra 50,5 bilhões em igual etapa de 2013.

Na renda variável, houve queda de 13,3 por cento ante o levantado entre janeiro e abril do ano passado (17,29 bilhões de reais), mesmo com a oferta subsequente de cerca de 15 bilhões de reais da operadora de telecomunicações Oi no mês passado.

Somando-se os instrumentos de renda fixa e variável, as captações de 2014 somaram 42,9 bilhões de reais, queda de 36,8 por cento ante os 67,8 bilhões de reais do primeiro quadrimestre de 2013.

Considerando-se apenas os números de abril, as emissões de renda fixa somaram 6,1 bilhões de reais, ante 10,3 bilhões de reais do mesmo mês do ano passado.

(Por Aluísio Alves, edição Alberto Alerigi Jr. e Luciana Bruno)