PDG Realty tem lucro no 1o tri, mas dados operacionais recuam

quinta-feira, 8 de maio de 2014 21:17 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 8 Mai (Reuters) - A PDG Realty teve lucro líquido de 2,8 milhões no primeiro trimestre, apesar de dados operacionais mais fracos no período.

Um ano antes, a construtora e incorporadora teve resultado negativo de 73,8 milhões de reais.

No primeiro trimestre, a companhia lançou dois projetos, com valor geral de vendas (VGV) de 130 milhões de reais, queda de 66 por cento na comparação anual. As vendas líquidas contratadas foram de 418 milhões de reais, recuo de 53 por cento na mesma base de comparação.

"Preferimos postergar alguns empreendimentos para o segundo trimestre de forma a reduzir o risco dos projetos ou devido a atraso nas licenças", disse a PDG em seus relatório de resultados divulgado nesta quinta-feira.

Em abril, a companhia lançou outros dois empreendimentos, triplicando o número de VGV para 404 milhões de reais nos quatro primeiros meses do ano.

Segundo a PDG, as vendas de estoque "seguem em ritmo saudável", com 524 milhões de reais de vendas contratadas brutas, em linha com sua meta e à luz do cenário macroeconômico mais incerto.

Já os cancelamentos de contratos totalizaram 145 milhões de reais no trimestre e seguiram a tendência de normalização iniciada no último trimestre, mantendo a velocidade de revenda em patamares acima dos 50 por cento, acrescentou a empresa.

Um ano antes, os distratos foram de 131 milhões de reais, e no trimestre anterior, de 175 milhões de reais.

"Os distratos não estão ocorrendo em produtos de baixa aceitação comercial. A maior parte dos distratos (84 por cento) continua ocorrendo por perfil de crédito e renda, e não por desistência do cliente", disse a PDG.   Continuação...