Alcatel-Lucent corta perdas no 1º tri e busca recuperação

sexta-feira, 9 de maio de 2014 09:14 BRT
 

PARIS, 9 Mai (Reuters) - A fabricante de equipamentos de redes de telecomunicação Alcatel-Lucent reduziu seu prejuízo no primeiro trimestre para 73 milhões de euros (101 milhões de dólares) ante 353 milhões de euros um ano antes, disse a companhia nesta sexta-feira, à medida que cortou custos e reduziu contratos não lucrativos.

Custos de reestruturação e contratos chineses de telefonia móvel com margens mais baixas pressionaram a lucratividade, mas os resultados mostraram o progresso no programa de recuperação iniciado pelo presidente-executivo Michel Combes em junho do ano passado.

Combes está buscando cortes de 10 mil vagas de trabalho, 1 bilhão de euros em vendas de ativos, 1 bilhão de euros em corte de custos e um reposicionamento do grupo em menos produtos.

A companhia sediada em Paris, que compete com a sueca Ericsson, a chinesa Huawei e a finlandesa Nokia, não divulgou lucros regulares desde que foi criada em uma fusão transatlântica em 2006, prejudicada por seu tamanho relativamente pequeno em telefonia móvel e por uma competição dura com rivais de baixo custo.

A companhia economizou 143 milhões de euros em custos fixos no primeiro trimestre e divulgou um lucro operacional ajustado de 33 milhões de euros, revertendo um prejuízo de 179 milhões de euros no ano passado.

(Por Leila Abboud e Alexandre Boksenbaum-Granier)