Produção de veículos do Brasil em abril tomba 21% sobre um ano antes

sexta-feira, 9 de maio de 2014 11:37 BRT
 

SÃO PAULO, 9 Mai (Reuters) - A produção brasileira de veículos em abril cresceu 1,6 por cento sobre o fraco resultado de março, mas despencou 21,4 por cento sobre o mesmo mês do ano passado, pressionada por recuo nas vendas no mercado interno e exportações na comparação com 2013.

O setor produziu 277,1 mil veículos em abril, informou nesta sexta-feira a associação de montadoras, Anfavea. Com o desempenho, a indústria acumula produção de 1,07 milhão de veículos no ano até abril, queda de 12 por cento sobre o primeiro quadrimestre de 2013.

O desempenho já motivou recuo no nível de emprego, que caiu 1,1 por cento em abril sobre o mesmo mês do ano passado, para 154,2 mil postos de trabalho, segundo os dados da entidade.

Muitas montadoras de veículos do país adotaram nas últimas semanas estratégias para corte de produção, diante de acúmulo de estoques em concessionárias e pátios. As medidas incluíram programas de demissão voluntária e redução nas horas trabalhadas.

Até março, o estoque acumulado era de 387,1 mil veículos, equivalente a 48 dias de vendas. A Anfavea ainda não divulgou dados atualizados para os inventários em abril.

Por segmento, a produção de carros e comerciais leves caiu 21 por cento sobre abril do ano passado, enquanto o volume de caminhões montado despencou 31,6 por cento na mesma comparação. O segmento de ônibus exibiu recuo de 8 por cento.

Já as vendas de veículos novos no mês passado somaram 293,2 mil unidades, crescimento de 21,8 por cento sobre março e recuo de 12,1 por cento no comparativo anual.

Com o resultado, os licenciamentos acumulam queda de 5 por cento nos quatro primeiros meses do ano, para 1,11 milhão. A previsão da Anfavea para todo 2014 é de crescimento de 1,1 por cento.

No mercado externo, as vendas de abril corresponderam a 36.735 veículos, uma queda anual de 30,4 por cento, que elevou o recuo acumulado no primeiro quadrimestre para 31,9 por cento, ou 111.928 unidades.

Em valores, as exportações brasileiras de autoveículos entre janeiro e abril acumulam queda 21,7 por cento sobre o mesmo período de 2013, para 3 bilhões de dólares, segundo a Anfavea.

(Por Tiago Pariz; Reportagem adicional de Alberto Alerigi Jr.)