Leilão de transmissão tem Copel e espanholas entre vencedoras

sexta-feira, 9 de maio de 2014 12:33 BRT
 

Por Anna Flávia Rochas

SÃO PAULO, 9 Mai (Reuters) - O segundo leilão de transmissão de energia deste ano, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira, teve empresas espanholas, a Copel e a Alupar entre as vencedoras, com ausência da Eletrobras no grupo das ganhadoras e cinco lotes sem interessados.

Dos 13 lotes licitados no leilão, dois lotes foram vencidos sem oferecer desconto ante a receita máxima permitida. O deságio médio do leilão foi de 13,18 por cento.

A Copel Geração e Transmissão, do grupo Copel, levou três lotes, um deles em consórcio no qual tem 49 por cento de participação e que tem a espanhola Elecnor.

A Alupar levou um lote, o C em São Paulo, oferecendo deságio de 4,99 por cento para o projeto que vai reforçar o atendimento do Litoral Paulista. A empresa garantiu receita anual de 28,8 milhões de reais.

Os outros lotes ficaram com empresas espanholas - dois com a Abengoa e dois com a Cymi Holding.

A Abengoa levou o maior lote do leilão em receita, da Travessia do Rio Amazonas, com deságio de 9,42 por cento e garantindo receita anual de 92,5 milhões de reais quando o empreendimento entrar em operação.

A Cymi Holding ofereceu os maiores deságios. A empresa, que atua no Brasil desde 2002 mas não vinha marcando participação nos leilões mais recentes, ofereceu deságios de 36,09 e 23,24 por cento.

O leilão realizado nesta sexta-feira tinha investimentos estimados de 4,3 bilhões de reais. Em coletiva de imprensa, o diretor da Aneel Reive Barros dos Santos afirmou que os oito lotes que receberam oferta representam investimentos de 3,5 bilhões de reais, e que os cinco que não tiveram interessados eram pequenos e podem ser incluídos em futuros leilões.