GM aparece como pior montadora em ranking de fornecedores dos EUA

segunda-feira, 12 de maio de 2014 11:44 BRT
 

DETROIT, Estados Unidos, 12 Mai (Reuters) - A General Motors, já envolvida em uma crise de relações públicas por causa de um defeito na ignição que disparou um recall de 2,6 milhões de veículos, tem um novo problema de percepção para administrar.

A companhia norte-americana agora é considerada a pior grande montadora para se lidar pelos principais fornecedores dos Estados Unidos, segundo uma nova pesquisa da indústria automotiva norte-americana.

A pesquisa anual, conduzida pelo grupo consultor automotivo Planning Perspectives Inc (PPI), perguntou aos maiores fornecedores da indústria automotiva para avaliar seu relacionamento com as seis maiores montadoras de veículos dos EUA.

Estes fornecedores afirmaram que a GM é o cliente menos preferencial, segundo o ranking, menos popular que a Chrysler, unidade da Fiat, que desde 2008 vinha sendo "premiada" com a distinção.

Os fornecedores deram à GM notas baixas em todos os tipos de medidas, incluindo lealdade, comunicação e proteção de propriedade intelectual.

As empresas participantes da pesquisa também disseram que a GM é a montadora menos inclinada a conceder a eles aumentos de preços para recuperação de aumentos inesperados de custos com matérias-primas.

A PPI, que conduz a pesquisa há 14 anos, afirma que a percepção do fornecedor é importante porque pode determinar qual montadora vê novas tecnologias primeiro, obtém melhores preços e trabalha com os melhores engenheiros dos fornecedores.

(Por James B. Kelleher)