Risco de racionamento de energia elétrica no Brasil está estável, diz Cepel

segunda-feira, 12 de maio de 2014 19:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O risco de racionamento de energia elétrica no Brasil está estável, em torno de 6 por cento, desde março, afirmou o diretor do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel), Albert Geber de Melo, nesta segunda-feira.

Segundo ele, na região sudeste do país o atual risco de racionamento é seis vezes menor do que em 2001, quando o governo teve de decretar medidas de economia de eletricidade.

"Estamos em estado de atenção, mas não houve deterioração (no risco de racionamento)", disse Melo. Ele participa de encontro do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, com empresários na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

(Por Aluísio Alves)