Política comercial ganha peso com acirramento de prévias nos EUA

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008 18:37 BRST
 

Por Nick Zieminski

NOVA YORK (Reuters) - As vitórias de quinta-feira à noite obtidas nas prévias presidenciais de Iowa pelo republicano Mike Huckabee e pelo democrata Barack Obama devem redobrar a atenção a respeito das políticas comerciais dos pré-candidatos antes da realização do segundo round das primárias, em New Hampshire.

O fechamento de postos de trabalho em Estados norte-americanos que realizam as primeiras prévias deve influenciar os eleitores e pode ter implicações de longo prazo na disputa pela Presidência dos EUA.

O nervosismo em torno da situação da economia norte-americana, incluindo a fragilidade do mercado imobiliário e um aumento menor no número de postos de trabalho --especialmente depois da divulgação, na sexta-feira, de dados preocupantes sobre o emprego--, deve influenciar a opinião dos eleitores sobre o lugar dos EUA na economia global, afirmaram especialistas em questões comerciais e manufatureiras.

"Nos primeiros Estados a realizarem as prévias --Iowa, New Hampshire e Carolina do Sul--, a apreensão gerada pelo comércio e pela globalização e o nervosismo a respeito do futuro ocuparão um lugar de destaque para muitas pessoas", disse Scott Paul, diretor da Aliança para os Fabricantes Norte-Americanos, um grupo sem filiação partidária.

O setor manufatureiro é o mais importante para a economia desses Estados, nos quais as fábricas de tecido e de móveis têm enfrentado a concorrência de empresas estrangeiras.

O corte de 2.600 postos de trabalho em uma fábrica da Maytag localizada em Newton, Iowa, provocou indignação no Estado, afirmou Paul, cujo grupo defende políticas para fortalecer o setor nos EUA.

"Um dos motivos pelos quais não se dá a atenção devida a isso --o que explica a dramática ascensão de Huckabee-- é que, entre os pré-candidatos republicanos, apenas Huckabee conseguiu identificar-se com a ansiedade sentida pela população em relação à economia e apenas ele conseguiu manifestar isso", disse Paul.

Na quinta-feira, Huckabee, um ex-governador do Arkansas e ministro batista, e Obama, senador pelo Estado de Illinois, venceram as prévias, o primeiro teste da campanha presidencial de 2008.   Continuação...