Rússia se diz frustrada com proposta antimísseis dos EUA

sexta-feira, 23 de novembro de 2007 09:21 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - As propostas norte-americanas destinadas a tranquilizar a Rússia em relação ao novo escudo antimísseis na Europa ficaram aquém das expectativas de Moscou, disse uma fonte da chancelaria local na sexta-feira.

"Nossas esperanças não foram para frente. Não é isso que nos prometeram", disse essa fonte à agência de notícias Itar-Tass.

Os Estados Unidos submeteram nesta semana um pacote de documentos formalizando as propostas que haviam sido sugeridas em outubro nas visitas dos secretários norte-americanos de Estado, Condoleezza Rice, e Defesa, Robert Gates, a Moscou.

"Os Estados Unidos nos passaram suas propostas específicas a respeito da defesa de mísseis", disse a fonte à agência. "Nosso primeiro exame mostrou que, ao longo das seis semanas desde que o lado americano prometeu preparar as propostas por escrito, a posição dos EUA não mudou."

Washington quer instalar um interceptador de mísseis na Polônia e um sistema de radares na República Checa, como parte do escudo destinado a proteger a Europa de países "párias", como Irã e Coréia do Norte.

A Rússia vê no escudo uma ameaça à sua segurança nacional, e o presidente Vladimir Putin já alertou para medidas não-especificadas em retaliação à eventual instalação do sistema.

 
<p>Presidente russo, Vladimir Putin, comparece a uma coletiva de imprensa com o primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, em Moscou.As propostas norte-americanas destinadas a tranquilizar a R&uacute;ssia em rela&ccedil;&atilde;o ao novo escudo antim&iacute;sseis na Europa ficaram aqu&eacute;m das expectativas de Moscou, disse uma fonte da chancelaria local na sexta-feira. Photo by Alexander Natruskin</p>