ONU já tem 60% das verbas extras para ajuda alimentar em 2008

terça-feira, 6 de maio de 2008 20:15 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU anunciou na terça-feira que já conseguiu 60 por cento das verbas adicionais de que precisará para cumprir suas promessas de ajuda diante do encarecimento mundial dos alimentos.

"Colocamos um apelo extra de 755 milhões de dólares e já cumprimos cerca de 60 por cento do caminho", disse a diretora-executiva da agência, Josette Sheeran, durante discurso em Washington.

Doadores como Canadá, Austrália e Grã-Bretanha aumentaram as suas doações ao PMA, cuja meta é ajudar na alimentação de cerca de 850 milhões de desnutridos do mundo.

De acordo com cifras do governo norte-americano, o preço dos produtos alimentícios básicos no mundo aumentou 43 por cento entre março de 2007 e março de 2008.

Na semana passada, o presidente George W. Bush anunciou um plano, ainda a ser aprovado pelo Congresso, que liberaria 770 milhões de dólares adicionais para ajuda alimentar e estímulo à agricultura no ano fiscal que começa em 1o de outubro.

(Reportagem de Missy Ryan)