Vento alimenta incêndios florestais no sul da Califórnia

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 09:49 BRST
 

Por Mary Milliken

LOS ANGELES, 22 de outubro (Reuters) - Mais de dez incêndios florestais alimentados pelo vento se espalharam descontroladamente no domingo no sul da Califórnia, matando uma pessoa em San Diego e obrigando milhares a deixarem suas casas entre a sofisticada Malibu e a fronteira com o México.

Os meteorologistas prevêem mais dois dias de calor, tempo seco e ventos fortes.

O incêndio em Malibu queimou 900 hectares ao longo do dia e destruiu pelo menos dez prédios, inclusive uma igreja presbiteriana e uma construção que imitava um castelo. Não houve feridos.

Ao sul, na zona rural do condado de San Diego, as autoridades disseram que uma pessoa morreu e 17 ficaram feridas ou intoxicadas, sendo quatro bombeiros. O fogo devastou 5.700 hectares e nublou o céu sobre o porto de San Diego, a oeste dali.

Na mesma região, outro incêndio levou à desocupação completa da localidade de Ramona, onde vivem 36 mil pessoas.

O governador Arnold Schwarzenegger decretou estado de emergência em sete condados entre a fronteira com o México e Santa Barbara.

Malibu teve algum alívio na tarde de domingo, mas as autoridades alertaram que o Santa Ana, um vento que desce pelos cânions californianos, continua imprevisível e poderia dobrar de velocidade durante a noite.

"Tenham um plano e fiquem preparados", aconselhou Pamela Conley Ulich, a prefeita de Malibu, cidade com cerca de 13 mil habitantes, 40 quilômetros a oeste de Hollywood. Ali vivem muitos artistas em busca de belas paisagens e privacidade.   Continuação...