Marta dispara e assume liderança da disputa em SP, diz Ibope

sexta-feira, 15 de agosto de 2008 20:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A petista Marta Suplicy (PT), que concorre à prefeitura de São Paulo, disparou na preferência do eleitor e passou a liderar a pesquisa de intenção de voto realizada pelo Ibope e divulgada nesta sexta-feira pela Rede Globo.

Geraldo Alckmin (PSDB) caiu e o prefeito Gilberto Kassab (DEM) ficou pela primeira vez abaixo de Paulo Maluf (PP).

Marta subiu sete pontos percentuais, passando de 34 por cento em julho para 41 por cento agora. Alckmin teve queda de cinco pontos chegando a 26 por cento da preferência do eleitor, frente a 31 por cento que tinha na sondagem anterior. Em julho, os dois candidatos estavam tecnicamente empatados na liderança.

Kassab passou de 10 por cento para 8 por cento, registrando intenção de voto inferior a de Maluf, que manteve os 9 por cento da pesquisa realizada em julho. Na margem de erro da pesquisa estão tecnicamente empatados.

Em um eventual segundo turno, Marta teria 47 por cento e Alckmin, 42 por cento, empatados tecnicamente. Se a disputa fosse com Kassab, Marta ganharia por 55 por cento a 30 por cento. Entre Alckmin e Kassab, o tucano seria eleito com 57 por cento contra 20 por cento do atual prefeito.

Ainda na simulação de primeiro turno, Soninha Francine (PPS) teve 2 por cento, repetindo intenção anterior. Ciro Moura (PTC) tinha 1 por cento e não pontuou agora, enquanto Ivan Valente (PSOL) alcançou 1 por cento. Os candidatos Anaí Caproni (PCO), Edmilson Costa (PCB) e Levy Fidelix (PRTB) não atingiram 1 por cento e Renato Reichman (PMN) não foi citado.

O Ibope realizou a pesquisa entre os dias 12 e 14 de agosto com 805 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais.

(Reportagem de Carmen Munari)