Grupo Techint planeja construir siderúrgica no Rio--Eike

quarta-feira, 30 de julho de 2008 19:00 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 30 de julho (Reuters) - O empresário Eike Batista, dono do grupo EBX, disse nessa quarta-feira que o grupo Techint pretende construir uma grande siderúrgica no complexo do Açu, no norte do Rio de Janeiro, acrescentando que há outros grupos interessados em ivestir na região.

A informação foi divulgada pelo empresário no evento em que recebeu a licança prévia do govern do Rio para construir uma grande termelétrica na região, onde ele concentra vários projetos.

Segundo Batista, a siderúrgica da Techint teria capacidade para 10 milhões toneladas de aço e o investimento previsto é de 15 bilhões de dólares.

"Seria uma siderúrgica em duas fases. Primeiro faria 10 milhões e depois faria tubos", disse Eike após receber do governador do Estado, Sérgio Cabral, a licença para a térmelétrica do Açu, que terá capacidade de 2100 megawatts e começará a operar em 2010.

"Há uma segunda siderúrgica que tem interesse também, mas não quero divulgar o nome agora", acrescentou o empresário ao revelar que o segundo empreendimento, também no complexo do Açu, prevê investimentos de 6 bilhões de dólares para produzir 6 milhões de toneladas de aço.

"O porto do Açu vai se transformar no maior pólo industrial do Brasil", afirmou Eike ao lembrar que os investimentos da EBX no complexo serão de 6 bilhões de dólares.

O governador do Rio, Sérgio Cabral, presente ao evento, disse que o Estado está aberto a auxiliar nos próximos investimentos na área.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Edição de Marcelo Teixeira)