Rússia reconhece Ossétia do Sul e Abkházia

terça-feira, 26 de agosto de 2008 09:14 BRT
 

Por Denis Dyomkin

SOCHI, Rússia (Reuters) - O presidente russo, Dmitry Medvedev, desafiou a pressão ocidental e anunciou na terça-feira que seu governo decidiu reconhecer a independência de duas regiões separatistas da vizinha Geórgia.

"Assinei decretos sobre o reconhecimento por parte da Federação Russa da independência da Ossétia do Sul e a independência da Abkházia", disse Medvedev pela TV.

O Ocidente aconselhou fortemente a Rússia a respeitar a integridade territorial da Geórgia e não reconhecer a independência das províncias separatistas, que desde a década de 1990 já gozam de autonomia sob proteção de Moscou.

A decisão de Medvedev segue uma resolução aprovada na véspera pelo Parlamento russo, mas que não era de cumprimento obrigatório.

Temendo um agravamento da tensão internacional, os mercados reagiram negativamente à decisão. O índice RTS da bolsa moscovita caiu quase 6 por cento, puxada também pela queda na cotação do petróleo.

O vice-chanceler da Geórgia, Giga Bokeria, viu no reconhecimento russo uma "anexação visível" do território georgiano.

A França, que no começo do mês mediou um cessar-fogo entre Rússia e Geórgia na sua disputa pela Ossétia do Sul, também recriminou a decisão do Kremlin.

"Consideramos uma decisão lamentável, e relembro nosso apego à integridade territorial da Geórgia", disse um porta-voz da chancelaria em Paris.   Continuação...