Noruega doa 1 bilhão de dólares para o Fundo Amazônia

terça-feira, 16 de setembro de 2008 19:46 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O primeiro-ministro da Noruega, Jens Stoltenberg, anunciou na terça-feira que seu país doará 1 bilhão de dólares ao Fundo Amazônia até 2015. A primeira doação, a ser efetivada no ano que vem, somará 130 milhões de dólares.

Idealizado há um ano pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o Fundo Amazônia financiará políticas de controle da destruição da floresta. Os aportes são feitos depois que for comprovada a diminuição do desmatamento da Amazônia. A Noruega é o primeiro doador do fundo.

Stoltenberg afirmou a jornalistas estar otimista com a iniciativa, pois o Brasil vem obtendo sucesso na proteção da Amazônia.

"A pré-condição é que possamos ver toda a documentação de que o desmatamento está sendo reduzido", declarou o primeiro-ministro norueguês. "Reduzir o desmatamento é a forma mais rápida e impactante para reduzir as emissões de gases de efeito estufa", acrescentou.

Também em conversa com jornalistas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a parceria demonstra a necessidade de se respeitar o Protocolo de Kyoto, e pediu que mais países ricos façam o mesmo com outros países em desenvolvimento.

Segundo Lula, é positivo que a Noruega não tenha feito nenhuma imposição, apesar do fato de as doações só serem feitas se a redução do desmatamento do ano anterior for comprovada. "Isso aumenta a nossa responsabilidade em fazer muito melhor o que nós já estamos fazendo hoje", comentou.

O presidente brasileiro ressaltou ainda que o Brasil adotará em breve novas medidas para proteger a Amazônia, como a regularização fundiária e a definição do que poderá ser produzido na região.

"No Brasil, estamos fazendo a lição de casa, e é preciso fazer mais", concluiu Lula. (Reportagem de Fernando Exman)