Olmert: acordo de paz com palestinos nunca esteve tão perto

domingo, 13 de julho de 2008 10:35 BRT
 

Por Dan Williams

PARIS (Reuters) - Israel e os palestinos nunca estiveram tão perto de chegar a um acordo de paz, disse o primeiro-ministro israelense Ehud Olmert no domingo, depois de conversar com o presidente palestino Mahmoud Abbas e o presidente francês, Nicolás Sarkozy.

Olmert disse a jornalistas que ainda há obstáculos a superar e que é chegada a hora de ambas as partes tomarem decisões difíceis.

"Me parece que nunca antes estivemos tão próximos da possibilidade de selar um acordo quanto estamos hoje", disse ele em coletiva de imprensa, ao lado de Abbas e Sarkozy.

"Me parece que chegamos ao momento em que as autoridades palestinas e as israelenses precisam tomar decisões sérias e importantes que irão finalmente nos levar para onde nunca antes estivemos", acrescentou, sem dar maiores detalhes.

Olmert e Abbas iniciaram negociações de paz mediadas pelos Estados Unidos no ano passado, com o objetivo declarado de chegar a um acordo antes do término do mandato do presidente norte-americano, George W. Bush, em janeiro de 2009. Mas os avanços vêm sendo frustrados por violência e recriminações mútuas.

Sarkozy, cujo país assumiu em 1o de julho a presidência rotatória da União Européia, visitou Israel e a Cisjordânia no mês passado, como parte de esforços para facilitar as negociações.

Abbas saudou a intercessão francesa e expressou a esperança "de que possamos chegar à paz dentro de alguns meses".

Falando por meio de intérprete, ele disse na coletiva de imprensa: "Iniciamos negociações detalhadas com Olmert. Estamos totalmente sérios. Ambos estamos falando a sério."   Continuação...

 
<p>Primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, em reuni&atilde;o com comunidade et&iacute;ope em Jerusal&eacute;m, em julho deste ano. Israel e os palestinos nunca estiveram t&atilde;o perto de chegar a um acordo de paz, disse Olmert no domingo. Photo by Eliana Aponte</p>