Lula é motivo de disputa entre PT e PCdoB em Porto Alegre

quinta-feira, 28 de agosto de 2008 18:46 BRT
 

Por Sinara Sandri

PORTO ALEGRE (Reuters) - Tecnicamente empatadas em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto para a prefeitura de Porto Alegre, Maria do Rosário (PT) e Manuela D'Ávila (PCdoB) brigam pelo apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva como trunfo capaz de viabilizar a presença no segundo turno.

"Lula é do PT. Maria do Rosário é do PT. Não há dúvida de que a candidata do Lula é a Maria do Rosário", disse Cícero Balestro, coordenador da campanha de Rosário, à Reuters.

A disputa para demonstrar quem seria a legítima destinatária da simpatia presencial foi intensificada pela veiculação da imagem de Lula nos programas do horário eleitoral gratuito. Enquanto Manuela exibiu uma fotografia em que aparece ao lado do presidente, Maria do Rosário aproveitou a visita presidencial ao Estado, na última terça-feira, para gravar e inserir na propaganda gratuita imagens de um encontro com Lula.

Segundo Balestro, a intenção é utilizar bastante o "vínculo com o presidente" como peça de campanha para capitalizar os resultados positivos dos investimentos federais feitos na capital gaúcha.

Já os partidário de Manuela D'Ávila reivindicam o reconhecimento da colaboração dos comunistas com os acertos do governo federal e a legitimidade de mostrarem certa proximidade com o presidente.

"Sempre tivemos uma relação próxima ao governo. Nós somos governo", disse Adalberto Frasson, presidente estadual do PCdoB, à Reuters.

APOIO EXPLÍCITO

Mesmo que as imagens veiculadas na propaganda eleitoral das duas adversárias não tenham sido acompanhadas de áudio com qualquer declaração do presidente, são apontadas como indícios de apoio de Lula.   Continuação...