Sem confirmar candidatura, Dilma afirma que já está no futuro

terça-feira, 2 de setembro de 2008 20:03 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Apesar de não confirmar a intenção de concorrer à sucessão presidencial em 2010, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) fez discurso de candidata nesta terça-feira ao mencionar mais de uma vez que ela já está no futuro por participar do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Eu venho de uma certa forma do futuro. Eu venho de Jubarte, onde jorrou o primeiro petróleo do pré-sal", disse Dilma em seminário comemorativo dos 40 anos da revista Veja, em que o tema foi "O Futuro do Brasil. O Brasil que Queremos."

A ministra referia-se à cerimônia de extração do primeiro petróleo localizado na camada de pré-sal, de onde se prevê a produção de óleo em larga escala. O campo de Jubarte fica localizado no litoral do Espírito Santo e, além de Dilma, o evento contou com a presença do presidente Lula nesta terça-feira.

"O futuro já começou, vem sendo construído pelo governo Lula", declarou Dilma, mencionando o crescimento econômico com distribuição de renda e justiça social e a mobilidade social, com a ascensão de parcela das camadas D e E a uma nova classe média.

Ela também afirmou que não se trata de optar entre um Estado mínimo e um Estado máximo. "Estado precisa de mais recursos e mais bem destinados e não menos recursos", defendeu.

Na mesma condição de Dilma, foram convidados a discursar o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e o deputado Ciro Gomes (PSB).

Em entrevista, Ciro afirmou que Dilma seria uma parceira "mais fácil" para uma dobradinha na corrida presidencial do que Aécio porque enquanto o governador mineiro faz oposição ao governo Lula, a ministra e ele militam no mesmo campo e são grandes amigos.

Questionada sobre a hipótese de Ciro, Dilma confirmou apenas que os dois são amigos. "Gosto muito dele, tenho grande estima."

A ministra despistou todas as perguntas sobre sua eventual candidatura à Presidência pelo PT, chegando a dizer que não cairia em armadilhas dos jornalistas.

"Eu não trabalho com hipóteses. Eu sou ministra experiente o suficiente para nunca me enrolar com vocês da imprensa."

Dilma tem acompanhado Lula nos principais eventos públicos e tem sido a principal aposta do presidente para 2010. (Reportagem de Carmen Munari)