Separatistas da Abkházia atacam região disputada da Geórgia

sábado, 9 de agosto de 2008 11:35 BRT
 

Por Ilya Kachayev

SUKHUMI, Geórgia (Reuters) - A região separatista de Abkházia disse no sábado ter lançado uma operação para retirar a Geórgia de um disputado desfiladeiro, possivelmente abrindo uma "segunda frente" na batalha de Tbilisi para manter a unidade de suas regiões.

O ministro das Relações Exteriores separatista Sergei Shamba disse que a artilharia da Abkházia e aviões de guerra atingiram as forças da Geórgia em Kodori, um desfiladeiro que corta profundamente o território da Abkházia e que é uma rota ideal para qualquer invasão na região.

O ataque ocorreu menos de 48 horas após a Geórgia enviar tropas para retomar a província separatista de Ossétia do Sul, provocando a intervenção de forças russas que invadiram a região para manter o status quo.

"As forças de Abkházia, em reposta à agressão georgiana à Ossétia do Sul, deram início a uma operação militar no desfiladeiro de Kodori para expulsar tropas ilegais georgianas", disse Shamba à Reuters.

Shamba disse que aviões de guerra de Abkházia lançaram ataques aéreos na região mais elevada do desfiladeiro de Kodori controlada por Tbilisi e a artilharia estaria destruindo a região.

"Hoje foi apenas a parte inicial da operação de artilharia pesada apoiada por ataques aéreos", disse Shamba.

Os georgianos negam o forte ataque da Abkházia e dizem estar preparados para enfrentar qualquer agressão.

"Os rebeldes da Abkházia não atacaram as forças georgianas", disse Kakha Lomaia, secretário do Conselho de Segurança da Géorgia.   Continuação...