Em meio a novas desavenças, Doha está perto de colapso

terça-feira, 29 de julho de 2008 12:37 BRT
 

Por Robin Pomeroy e Laura MacInnis

GENEBRA, Suíça (Reuters) - As negociações para salvar um acordo mundial de comércio chegaram perto do colapso na terça-feira devido a desavenças sobre as medidas elaboradas para proteger os agricultores de países pobres.

Países em desenvolvimento como a China e a Índia entraram em rota de colisão com exportadores de alimentos como os EUA a respeito de garantias para impedir a entrada em massa de comida importada, enquanto continuam a persistir as divergências sobre outras partes fundamentais do acordo.

Ministros de vários países estudavam uma nova proposta sobre as garantias enquanto as negociações ingressavam em seu nono dia, fazendo desse o encontro de nível ministerial mais longo já realizado pela Organização Mundial do Comércio.

Há uma chance real de que o processo fracasse.

"Se as pessoas não desejam esse acordo, não há nenhum acordo melhor disponível. Deve-se considerar o que elas vão perder se a rodada fracassar", afirmou o comissário do Comércio da União Européia (UE), Peter Mandelson.

As negociações convocadas para salvar a rodada de Doha, iniciada sete anos atrás, estiveram "a um minuto" de serem suspensas nas primeiras horas da terça-feira em virtude da polêmica em torno das medidas de garantia, afirmou uma autoridade.

E não há sinal de um acordo a respeito de uma nova proposta.

"Não conseguiremos prosseguir dessa forma por muito tempo", afirmou um diplomata.   Continuação...