Em Belo Horizonte, candidatos exploram imagem de ex-prefeito

quarta-feira, 20 de agosto de 2008 14:59 BRT
 

BELO HORIZONTE (Reuters) - A imagem do ex-prefeito Célio de Castro, que morreu no fim de julho, dominou o primeiro dia de propaganda eleitoral à prefeitura de Belo Horizonte, sendo exibida por quatro dos oito candidatos.

A deputada federal Jô Moraes, candidata pelo PCdoB, usou parte de seu escasso 1 minuto e 48 segundos para homenagear o ex-prefeito, que tinha a então vereadora em sua base de apoio na Câmara. Jô explorou também as pesquisas do Ibope e Datafolha, nas quais está na liderança das intenções de voto, com larga vantagem sobre os demais candidatos.

Na propaganda de Márcio Lacerda (PSB), coube ao candidato a vice, Roberto Carvalho (PT) falar e exibir a imagem de Célio de Castro, que foi prefeito pelo PSB.

Terceiro colocado nas pesquisas, Márcio Lacerda (PSB) mostrou a sondagem que revela a aprovação da população da capital à aliança entre o prefeito Fernando Pimentel (PT) e o governador Aécio Neves (PSDB) em torno de sua candidatura.

Pimentel, inclusive, dá depoimento sobre Lacerda. Aécio, no entanto, aparece apenas em imagens estáticas, sem áudio. Um integrante da campanha afirma que o tucano ainda aparecerá em outros programas, sem confirmar se o governador gravou depoimento para Lacerda ou se serão usadas imagens de arquivo.

Além da dupla, Lacerda também usou a imagem do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), com quem trabalhou no Ministério da Integração Nacional e outro grande fiador de sua campanha.

Já o programa de Leonardo Quintão (PMDB) foi aberto pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, que apresentou o candidato. Além de Costa, Quintão também usou imagens de Célio de Castro e do ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, que tiveram suas gestões à frente da prefeitura elogiada pelo peemedebista.

Quintão também explorou imagens do governador e lembrou ter participado da base de apoio a Aécio na Assembléia Legislativa.

Ao contrário da maioria dos candidatos, que reforçam proposta de continuidade em relação a Pimentel, Sérgio Miranda (PDT) fez críticas à atual administração e também lembrou sua relação com Patrus e Célio de Castro, exibidos como exemplos de gestão. Críticas à administração Pimentel também deram o tom do programa da candidata Vanessa Portugal (PSTU), que afirma ser a única candidata de oposição ao atual governo e reforça que "PT e PSDB são iguais". Já o candidato Gustavo Valadares (DEM) optou por mostrar sua história pessoal e a tradição política da família, incluindo a relação mantida com Tancredo Neves e Fernando Henrique Cardoso. Os candidatos Jorge Periquito (PRTB) e André Antônio Alves (PtdoB) se restringiram à apresentação pessoal e Pedro Paulo (PCO) não exibiu programa no horário reservado à sua candidatura. (Reportagem de Marcelo Portela)