EUA anunciam captura de dois líderes da Al-Qaeda no Iraque

domingo, 24 de agosto de 2008 16:51 BRT
 

BAGDÁ (Reuters) - As forças dos Estados Unidos disseram neste domingo que prenderam dois líderes importantes da Al Qaeda no Iraque, incluindo um homem acusado de ter sequestrado uma jornalista norte-americana. Eles disseram ter capturado Ali Rash Nasir Jiyad al-Shammari, conhecido como Abu Tiba, no dia 17, e Abdallah Ashur al-Shujayri, conhecido como Abu Uthman, no dia 11.

Abu Tiba era o principal conselheiro da Al-Qaeda em Bagdá e Abu Uthman era seu "emir", ou líder, no bairro de Rusafa, leste da capital. A Al Qaeda é uma organização extremista muçulmana sunita e esteve sob a liderança de Abu Tiba em seu período mais ativo no Iraque, no início de 2007, disseram os militares norte-americanos em um comunicado.

As autoridades militares dos EUA acreditam que Abu Uthman tenha sido o mentor do sequestro da jornalista Jill Carroll, repórter do jornal norte-americano The Christian Science Monitor. Ela foi mantida em cativeiro por quase três meses em 2006.

Os parceiros de Abu Uthman também estiveram envolvidos nos sequestros da funcionária de ajuda humanitária britânico-iraquiana Margaret Hassan, assassinada por seus captores em 2004, e de um grupo de pacifistas cristãos, disse o comunicado. "A captura de Abu Tiba e Abu Uthman elimina dois dos poucos líderes experientes na rede da Al Qaeda no Iraque."

O porta-voz militar dos EUA, contra-almirante Patrick Driscoll, disse que os militantes da Al Qaeda foram expulsos de muitas áreas no último um ano e meio, já que muitas tribos árabes sunitas se voltaram contra eles, mas os militantes dessa organização ainda detêm capacidade de desfechar atentados suicidas e outros ataques de grandes proporções.

(Reportagem de Peter Graff)