CONSOLIDA-Paes explora aliança com Lula e Gabeira busca esquerda

domingo, 5 de outubro de 2008 23:02 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 5 de outubro (Reuters) - Confirmados no segundo turno das eleições para a prefeitura do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB) e Fernando Gabeira (PV) já sinalizaram no domingo as estratégias que usarão na disputa.

O candidato do PMDB vai explorar o discurso de romper o que chamou de isolamento político da cidade, que teria ficado afastada dos governos estadual e federal na última gestão.

"Essa candidatura significa a base do presidente Lula que passou para o segundo turno", afirmou Paes em coletiva de imprensa no comitê de sua campanha logo após a divulgação do resultado.

Fernando Gabeira, por sua vez, anunciou que buscará se aproximar dos eleitores de esquerda, que se distribuíram por vários candidatos na primeira fase.

Aliado ao PSDB, Gabeira sabe que enfrenta resistência dos partidos de esquerda, mas sua estratégia não passará pelo apoio formal das legendas.

"Existem os partidos de esquerda, com as suas direções, e os eleitores de esquerda. Evidentemente vou procurar os eleitores de esquerda. O processo do segundo turno não vai ser uma busca para acrescentar letras à minha coligação", disse a jornalistas após a confirmação de sua passagem ao segundo turno.

PICUINHAS

Perguntado sobre seu passado como opositor do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o que poderia ser um inconveniente para a base aliada no segundo turno, Paes respondeu apenas que não pautará a agenda da cidade por picuinhas.   Continuação...