Cuba diz ter 20 bilhões de barris de petróleo em alto-mar

quinta-feira, 16 de outubro de 2008 19:52 BRT
 

Por Jeff Franks

HAVANA, 16 de outubro (Reuters) - Autoridades cubanas disseram na quinta-feira que Cuba pode haver mais de 20 bilhões de barris de petróleo recuperável em seu litoral, mais do que o dobro da estimativa feita pelo Serviço de Pesquisa Geológica dos EUA, de 9 bilhões.

Tal reserva poderia fazer de Cuba um exportador de petróleo, levando prosperidade à ilha comunista, que hoje importa metade das suas necessidades energéticas. O Cupet, estatal cubana do petróleo, espera começar a explorar os primeiros poços em 2009.

Segundo a empresa, a avaliação cubana é mais generosa que a norte-americana porque é mais bem-informada. "Temos mais dados. Tenho quase certeza de que se pedirem todos os dados que temos, vai crescer consideravelmente", disse Rafael Tenreyro Perez, gerente de exploração da companhia, em entrevista coletiva.

Os técnicos dos EUA também estimaram que Cuba tenha até 180 bilhões de metros cúbicos de gás, mas Tenreyro disse que a Cupet não possui uma estimativa disso porque as reservas marítimas de gás são difíceis de estimar.

A estimativa cubana sobre o petróleo se baseia principalmente em comparações com a quantidade de óleo sendo produzida em estruturas geológicas similares nas costas do México e dos EUA, segundo Tenreyro.

De acordo com ele, Cuba tem uma geologia submarina muito similar à do gigantesco campo petrolífero de Cantarell, na baía de Campeche (México).

Um consórcio liderado pela espanhola Repsol já testou alguns poços e deve perfurar o primeiro poço de produção. A produção poderia ter começado neste ano, mas foi adiada para meados de 2009 devido à dificuldade em obter uma plataforma de perfuração -- por causa do aumento do preço do petróleo, havia excesso de demanda mundial por essas instalações.

Mesmo que a exploração comece em 2009, segundo Tenreyro, o petróleo eventualmente obtido ainda levará dois ou três anos para chegar ao mercado.   Continuação...