Governador do DF critica São Paulo e quer abertura da Copa 2014

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007 17:53 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), disse na segunda-feira que Brasília certamente será uma das sedes da Copa de 2014 e garantiu, com críticas à cidade de São Paulo, que a capital do país deve receber a partida inaugural do torneio.

"Queremos que a abertura da Copa seja aqui, porque nem tudo no Brasil é Rio e São Paulo", disse Arruda a jornalistas, referindo-se à pretensão paulista de realizar a inauguração do evento.

"São Paulo é às vezes como um irmão mais velho que se deu bem, tem dinheiro, estudos, mas não tem paciência com os outros irmãos que não foram tão bem na vida. É uma demonstração de uma certa arrogância."

A Fifa confirmou em outubro que o Brasil realizará a Copa de 2014. A final provavelmente será no Maracanã, no Rio. Ao todo, 18 cidades competem para estar entre as 10 a 12 sedes.

Arruda disse que seu governo fará a "lição de casa" para que Brasília esteja entre as sedes, especialmente com investimentos em transportes. A capital tem uma grande rede hoteleira e um enorme palácio de convenções que poderia ser usado como centro internacional de imprensa.

A poucos metros dali fica o estádio Mané Garrincha, hoje pequeno, mas que deve ser totalmente reconstruído para a Copa.

Arruda disse que seu governo já iniciou o processo de licitação para as obras, que será feita numa parceria público-privada.

(Por Guido Nejamkis)