Chávez diz que ri de piadas sobre bate-boca com rei da Espanha

terça-feira, 13 de novembro de 2007 18:34 BRST
 

CARACAS (Reuters) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, revelou na terça-feira que ri das piadas surgidas desde que o rei da Espanha mandou que ele se calasse, no fim de semana, durante a Cúpula Ibero-Americana de Santiago.

Chávez provocou risos ao usar a frase "por que não te calas?" numa entrevista coletiva com jornalistas estrangeiros, e depois qualificou a declaração como uma "explosão" do monarca, a quem pediu paciência para aceitar as mudanças em curso na América Latina.

Desde o incidente do fim de semana, as piadas sobre o bate-boca já deram a volta ao mundo.

"Ontem à noite ri muito porque colocaram [as palavras do rei] num reggaeton [ritmo caribenho], sei lá o quê," disse Chávez, sorrindo, na entrevista coletiva no palácio presidencial. "Isso é bom para a saúde, o humor", acrescentou.

Mas o presidente garantiu que o incidente não terá consequências, e recomendou ao rei que tenha paciência ante as caras e as novas idéias que surgem na América Latina.

"Recomendaria, se pudesse, a Juan Carlos, que tenha paciência, porque ano que vem nos vemos na cúpula outra vez (...) é possível que cada ano que (ele) venha veja novas caras, porque este continente está mudando: rostos novos e idéias novas", afirmou.

O presidente esquerdista tem vários aliados na região, como os governos de Cuba, Bolívia, Equador e Nicarágua.

O rei da Espanha mandou que Chávez se calasse porque ele insistia em interromper um aparte do primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero, depois de Chávez ter chamado o ex-premiê espanhol José María Aznar de "fascista" por supostamente apoiar um golpe na Venezuela em 2002.

 
<p>O presidente venezuelano, Hugo Ch&aacute;vez, revelou na ter&ccedil;a-feira que ri das piadas surgidas desde que o rei da Espanha mandou que ele se calasse, no fim de semana, durante a C&uacute;pula Ibero-Americana de Santiago. Foto de Ch&aacute;vez em Caracas, 13 de novembro. Photo by Jorge Silva</p>