Irã e UE prevêem nova discussão nuclear no fim de novembro

terça-feira, 23 de outubro de 2007 18:23 BRST
 

Por Robin Pomeroy e Phil Stewart

ROMA (Reuters) - Irã e União Européia mantiveram na terça-feira em Roma uma reunião que qualificaram de "construtiva" e disseram que esperam voltar a discutir o programa nuclear iraniano até o fim de novembro.

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, havia dito previamente que o Irã não iria recuar "uma vírgula" em seus planos nucleares, o que ofuscou o primeiro encontro do novo negociador nuclear do país, Saeed Jalili, com representantes ocidentais.

Jalili, nomeado no sábado, foi ao encontro de Roma acompanhado por seu antecessor, Ali Larijani. Ele disse que Teerã apóia o diálogo com o Ocidente e considera as reuniões uma oportunidade de melhorar as relações com a Europa.

"O princípio básico da República Islâmica do Irã é o diálogo e a cooperação -- o curso que nosso querido irmão dr. Larijani trilhou nos últimos dois anos", afirmou Jalili em entrevista coletiva.

O representante da UE, Javier Solana, disse que a reunião de terça-feira foi construtiva. "Vamos continuar no jantar, mas quisemos lhes comunicar que muito provavelmente teremos a oportunidade de nos reunirmos novamente antes do fim do mês de novembro", declarou ele.

Em meio a especulações de que a nomeação de Jalili representaria um endurecimento da postura do Irã, Ahmadinejad voltou a rejeitar as ordens da ONU para suspender o enriquecimento de urânio.

"Somos favoráveis a conversas, mas não vamos negociar com ninguém nosso direito à tecnologia nuclear," disse Ahmadinejad durante visita à Armênia, segundo a TV iraniana. "O Irã não vai recuar uma vírgula."

A ONU já impôs dois pacotes de sanções ao Irã, e potências ocidentais aceitam adiar uma terceira rodada pelo menos até novembro, à espera de um relatório de Solana e de que a República Islâmica coopere com as investigações da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, um órgão da ONU).   Continuação...

 
<p>Foto do negociador nuclear do Ir&atilde;, Saeed Jalili junto a seu antecessor Ali Larijani (centro) e o chefe pol&iacute;tica externa da UE, Javier Solana, em Roma, 23 de outubro. Ir&atilde; e Uni&atilde;o Europ&eacute;ia mantiveram na ter&ccedil;a-feira em Roma uma reuni&atilde;o que qualificaram de 'construtiva'. Photo by Stringer</p>