Em ato pró-Alckmin, Serra fala que campanha tucana é "complexa"

quinta-feira, 11 de setembro de 2008 07:38 BRT
 

Por Carmen Munari

SÃO PAULO (Reuters) - Na primeira declaração pública de apoio à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à prefeitura de São Paulo, o governador tucano José Serra admitiu a complexidade da disputa e disse que o partido paga um preço por suas escolhas.

Serra compareceu a jantar na quarta-feira à noite organizado pelo partido, que contou com a presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O encontro teve duplo objetivo: arrecadar fundos para a campanha de Alckmin e comemorar os 20 anos do PSDB. Foram vendidos, segundo a organização, 400 convites ao preço de 1 mil reais cada.

"Agora estamos diante de outra campanha, complexa, pelas condições que todos conhecem", disse Serra em discurso, quando fez questão de afirmar que a data do encontro foi escolhida por ele.

Sem detalhar as tais "condições", ele exemplificou o momento utilizando como metáfora o título de um romance do escritor Rubem Fonseca de 1988.

"Aquele título do Rubem Fonseca, 'Vastas Emoções e Sentimentos (na verdade, Pensamentos) Imperfeitos' prevalece mais do que nunca", explicou.

Passou em seguida para a crítica às administrações anteriores à atual, iniciada por ele em 2005 e herdada por seu vice, Gilberto Kassab (DEM), em 2006, quando o tucano concorreu e ganhou o governo do Estado.

"É uma campanha muito importante para delimitar áreas, delimitar lados, porque temos que olhar para o futuro da cidade, para que não volte aquilo que a infelicitou durante tanto tempo. As gestões sucessivas de (Paulo) Maluf, (Celso) Pitta e Marta (Suplicy, PT) foram de amargar."

Sem citar Kassab em nenhum momento do discurso, apesar de ter defendido o apoio do PSDB a seu sucessor e de ter sido voto vencido após a aprovação da candidatura Alckmin, Serra disse acreditar que o candidato tucano pode reverter a queda nas pesquisas de intenção de voto que o colocam em empate técnico com o prefeito para disputar o segundo turno com Marta, isolada na liderança.   Continuação...