PCdoB sinaliza apoio a candidato do PMDB em Belo Horizonte

quarta-feira, 8 de outubro de 2008 19:28 BRT
 

Por Marcelo Portela

BELO HORIZONTE, 8 de outubro (Reuters) - Apesar das diferenças ideológicas, o PCdoB tende a apoiar a candidatura de Leonardo Quintão (PDMB) à prefeitura de Belo Horizonte no segundo turno das eleições.

A decisão final sobre um acordo ficará a cargo da reunião da direção nacional comunista, marcada para quinta-feira, em São Paulo, mas algumas lideranças mineiras já dão como praticamente certo o apoio ao peemedebista.

Cortejada por Quintão e por seu adversário, o candidato Márcio Lacerda (PSB), a candidata do PCdoB à prefeitura da capital, Jô Moraes, que ficou em terceiro lugar no primeiro turno, reuniu-se nesta quarta-feira com o vice-presidente José Alencar para discutir um apoio comum. O PRB de Alencar fez aliança com o PCdoB em Belo Horizonte.

"Vamos conversar com todas as lideranças para decidir em conjunto, levando em consideração projetos para Minas e para Belo Horizonte", disse Jô à Reuters.

Ela ressalta que o PCdoB tem identificação ideológica muito maior com o PSB, mas avalia que será difícil o partido decidir apoiar Lacerda.

"O problema é que em Belo Horizonte não há um candidato do PSB. O candidato foi apresentado pelo PSDB", comentou, referindo-se ao apadrinhamento de Lacerda pelo governador tucano Aécio Neves. A candidatura de Lacerda também foi articulada pelo prefeito da capital, Fernando Pimentel (PT).

Jô disse que um eventual apoio a Quintão também seria condicionado a uma série de compromissos "pragmáticos", principalmente de alinhamento à agenda do PCdoB, com a participação de entidades de classe e consideração com os servidores municipais.

Na terça-feira, lideranças do PCdoB em Belo Horizonte já fizeram uma reunião na qual foi apontada a tendência de apoio ao PMDB, mas Jô observa que a decisão final caberá à direção nacional do partido. "Estamos fazendo consultas em todas as instâncias para a construção de um contraditório. Mas o apoio será decidido nacionalmente, com a participação do PRB."

Para Lacerda, que repetiu várias vezes após o resultado do primeiro turno que gostaria de ter o apoio de Jô Moraes e do candidato Sérgio Miranda (PDT), a possibilidade de o PCdoB apoiar Quintão não altera os planos de campanha. "Muitos eleitores que votaram na Jô teriam dificuldades em votar no Quintão. A população é quem vai julgar as candidaturas", afirmou.

(Edição de Mair Pena Neto)