Bush encontra líderes palestino e israelense para discutir paz

segunda-feira, 26 de novembro de 2007 10:28 BRST
 

Por Mohammed Assadi e Jeffrey Heller

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, encontra nesta segunda-feira os líderes palestino e israelense para tentar retomar o processo de paz do Oriente Médio ainda durante seu mandato, que termina daqui a 14 meses.

Mas há poucas expectativas para os três dias de conversas em Washington e na vizinha Annapolis, devido aos problemas políticos domésticos enfrentados por Bush, pelo primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e pelo presidente palestino, Mahmoud Abbas.

Em uma boa notícia para os três, a Síria e a Arábia Saudita prometeram participar da reunião de terça-feira em Annapolis -- embora Damasco envie um vice-ministro, e não seu chanceler, como queriam os EUA.

Washington diz que a parte mais difícil virá depois, quando ambas as partes terão de resolver as principais questões do conflito -- a definição das fronteiras, do futuro de Jerusalém, do destino dos refugiados e dos esquemas de segurança.

"Esta conferência vai sinalizar apoio internacional para a intenção de palestinos e israelenses no sentido de iniciar negociações para o estabelecimento de um Estado palestino e a realização da paz entre esses dois povos", disse Bush ao recepcionar os dois líderes, durante o fim de semana.

Depois de sete anos praticamente ignorando a diplomacia no Oriente Médio, Bush vai se reunir separadamente com Olmert e Abbas e posteriormente com os dois juntos.

Depois, na terça-feira, cerca de 40 países, incluindo o Brasil, participam da conferência na Academia Naval de Annapolis. A delegação brasileira será chefiada pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

Nabil Shaath, assessor de Abbas, disse à Reuters que depois de Annapolis os envolvidos vão retomar os princípios já aceitos sob o governo de Bill Clinton. "Isso nos permite não começar do começo, mas continuar a partir de algo já definido", afirmou.   Continuação...

 
<p>Palestinos carregam o corpo de Mustafa al-Ja'aber, militante do Hamas, durante seu funeral, no norte da Faixa de Gaza. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, encontra nesta segunda-feira os l&iacute;deres palestino e israelense para tentar retomar o processo de paz do Oriente M&eacute;dio ainda durante seu mandato, que termina daqui a 14 meses. Photo by Reuters</p>