Para Bush, Putin é líder "conseqüente", mas "com que fim?"

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007 17:51 BRST
 

Por Tabassum Zakaria

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse na quinta-feira que seu colega russo, Vladimir Putin, foi escolhido "Homem do Ano" pela revista Time por ser um líder "conseqüente", mas que só o tempo dirá "com que fim".

Bush, escolhido "Homem do Ano" pela Time em 2004 e 2000, brincou com a escolha de Putin numa entrevista coletiva: "Sabe, estou ansioso para vê-lo na reunião oficial dos homens do ano".

"Suponho que o colocaram por ser um líder conseqüente. E a questão fundamental é: conseqüente com que fim? Como o país será daqui a dez anos?", disse Bush.

As relações russo-americanas andam abaladas. Washington critica Moscou pela falta de reformas democráticas, enquanto o Kremlin vê com desconfiança a construção de um escudo antimísseis dos EUA na Europa Oriental.

Discordâncias a respeito da guerra do Iraque, da independência de Kosovo e das sanções ao programa nuclear do Irã também foram solapando a amizade entre os dois presidentes --em 2001, Bush disse que havia olhado nos olhos de Putin e sentido sua alma.

"Minha esperança, é claro, é que a Rússia seja um país que entende que há necessidade de mecanismos de controle, de eleições livres e limpas e de uma imprensa vibrante", disse Bush.

"Que eles entendam que os valores ocidentais baseados nos direitos humanos e na dignidade humana são valores que vão levar a um país melhor. Essas são minhas esperanças", disse ele.

Em entrevista à Time, Putin disse que os EUA passam "o tempo todo buscando problemas dentro da Rússia".   Continuação...