Popularidade de Berlusconi passa dos 50%, diz especialista

terça-feira, 27 de maio de 2008 12:20 BRT
 

ROMA (Reuters) - O novo primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, viu seus índices de aprovação elevarem-se acentuadamente nos últimos meses, para mais de 50 por cento, afirmou o especialista em pesquisas Nicola Piepoli em uma entrevista concedida na terça-feira.

O magnata da mídia, 71, atualmente em seu terceiro mandato como premiê depois de ter vencido as eleições de abril, possui uma aprovação de 53 por cento, contra 33 por cento quatro meses atrás, quando liderava a oposição, disse Piepoli.

"Francamente, eu nunca vi um índice de aprovação a um primeiro-ministro subir assim", afirmou ao site noticioso Affaritaliani.it.

O governo de Berlusconi, que reúne o partido Forza Italia, dele, com o partido direitista Aliança Nacional, com a xenófoba Liga do Norte e com outros grupos, possui um índice de aprovação um pouco menor do que o do dirigente, mas ainda assim um índice "alto", nas palavras de Piepoli.

Um dos integrantes do gabinete de governo com a mais alta taxa de popularidade foi Roberto Maroni, da Liga do Norte, que, no cargo de ministro do Interior, elaborou leis duras de combate à imigração ilegal e à criminalidade, leis essas que, segundo grupos de defesa dos direitos humanos, poderiam encorajar o racismo.

O índice de aprovação de Maroni é superior a 60 por cento, disse Piepoli. A pesquisa foi realizada no dia 19 de maio e entrevistou 500 pessoas.