LG e Nokia querem popularizar celular com tela sensível ao toque

segunda-feira, 27 de outubro de 2008 18:58 BRST
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO, 27 de outubro (Reuters) - Ainda que acreditem que a tela sensível ao toque (do inglês "touchscreen") do celular seja um produto para um nicho específico de mercado, pelo menos duas fabricantes de aparelhos falaram, nesta segunda-feira, em "popularizar" o touchscreen, característica que ganhou notoriedade com o iPhone da Apple.

A Nokia, por exemplo, maior fabricante mundial de celulares, mostrou recentemente ao mercado um modelo que ela afirma ser "um touchscreen para as massas".

A companhia informou nesta segunda-feira que o modelo 5800, que ela pretende vender em alguns mercados internacionais neste final de ano e no Brasil a partir de 2009, "não é um iPhone da Nokia, é um produto diferente e custa metade do preço do iPhone", frisou o presidente da empresa no país, Almir Narcizo.

Segundo ele, esse "é o primeiro de uma série de aparelhos touchscreen" que a marca pretende lançar. O executivo ressaltou que "esse é um segmento de nicho, nem todas as pessoas gostam de aparelho com tela sensível ao toque, mas a Nokia quer participar desse segmento".

Já a LG apresentou nesta segunda-feira, na feira Futurecom 2008, um modelo com o qual pretende popularizar o recurso da tela sensível ao toque. Segundo Joe Takata, superintendente de produto da LG Brasil, "até hoje o touchscreen só estava disponível para os produtos premium", ou mais caros.

A empresa apresentou à imprensa o modelo batizado de Cookie, cujo nome foi escolhido, segundo o executivo, diante do "apelo emocional" que a companhia percebeu quando lançou o celular de marca Chocolate, em 2006, apelo que ela espera repetir com o novo aparelho.

O Cookie vai ser lançado na faixa de preço de 799 reais no final deste ano, mas Takata ressaltou que "a estratégia de preço depende de cada operadora" e, de acordo com o subsídio, ele pode chegar ao consumidor a um preço menor.

O iPhone começou a ser vendido no Brasil no final de setembro, graças a acordos das operadoras Vivo VIVO4.SA e Claro com a Apple. O preço mais baixo anunciado na época era de 999 reais.

O Nokia 5800 será lançado na Europa a 279 euros, mas não há informações sobre o preço de venda no Brasil até o momento.

(Edição de Carmen Munari)