EUA examinam imagens de satélite da área de terremoto na China

segunda-feira, 12 de maio de 2008 13:26 BRT
 

WASHINGTON, 12 de maio (Reuters) - Analistas da área de inteligência dos Estados Unidos estão examinando imagens feitas por um satélite-espião ao passar sobre a Província chinesa de Sinchuan, onde um terremoto matou mais de 8.500 pessoas, afirmou na segunda-feira uma autoridade do setor de Defesa norte-americano.

A autoridade disse que a Agência Nacional Geoespacial de Inteligência (NGA) analisava as imagens feitas rotineiramente para saber quando um desastre natural ou outro evento de grandes proporções ocorriam em alguma parte do mundo.

Os satélites-espiões dos EUA e outras plataformas de vigilância de grande altitude conseguem produzir imagens altamente detalhadas de estradas, trilhos de trem, túneis, portos e linhas costeiras.

A autoridade do setor de defesa não quis especificar o que mostravam as imagens da China.

A NGA é uma agência do Pentágono e analisa fotos feitas por aviões-espião U2 e por satélites do Departamento de Defesa.

Nos últimos anos, o governo norte-americano ofereceu imagens de satélite e análises dessas imagens a países que enfrentam desastres naturais a fim de ajudá-los a organizar os esforços de resgate.

Não se sabe ainda se os EUA preparavam-se para oferecer esse tipo de ajuda à China.

(Por David Morgan)