Evento da mídia trata Obama como favorito

sexta-feira, 11 de julho de 2008 08:50 BRT
 

Por Sue Zeidler

SUN VALLEY, Estados Unidos (Reuters) - O democrata Barack Obama foi tratado como favorito à Casa Branca pelos magnatas da mídia que participam de um evento anual em Idaho, embora a maioria deles tenha dúvida sobre como uma vitória do senador afetaria seus negócios.

Mas, num cenário de desaceleração econômica, desvalorização das ações de empresas de mídia e uma certa crise no setor de entretenimento, os empresários certamente esperam mudanças em Washington.

O magnata Rupert Murdoch, dono do grupo News Corp., apoiou candidatos republicanos nos últimos anos, mas prevê uma ampla vitória de Obama em novembro e se disse muito impressionado com ele após uma hora de conversa.

"Há um raio de esperança de que a América poderia ser grande sob Obama", disse Murdoch a repórteres na noite de quinta-feira. "Eu o encontrei por uma hora e estou seduzido. Mas também gosto do (candidato republicano, John) McCain", acrescentou ele, que oficialmente não apóia ninguém.

Howard Stringer, presidente e executivo-chefe da Sony, disse à Reuters que Obama deve vencer, embora admitisse: "Não sei se isso é bom para as empresas, com a crise do petróleo, a crise alimentar".

A empresa de investimentos Allen & Co, patrocinadora do evento, colocou urnas para fazer uma eleição simulada entre os participantes --muitos deles executivos de Hollywood que já declararam apoio explícito a Obama, como Jeffrey Katzenberg, da DreamWorks Animation.

Katzenberg, o diretor Steven Spielberg e seu sócio na Dreamworks, David Geffen, estão organizando um evento de arrecadação de contribuições para Obama. Geffen e Spielberg não foram à conferência.

"Em geral, o setor do entretenimento se inclina pelos democratas, mas hoje em dia você vê até mesmo muitos republicanos procurando mudança", disse Tom Freston, ex-presidente-executivo da Viacom, hoje na Firefly3. "O humor do país parece estar 80 por cento nessa direção, descontente com o status quo."   Continuação...

 
<p>Barack Obama &eacute; dado como favorito pelos magnatas de m&iacute;dia norte-americanos, embora eles n&atilde;o tenham certeza de como a sua vit&oacute;ria afetaria os neg&oacute;cios do setor. Na foto, Obama fala em evento endere&ccedil;ado &agrave;s mulheres, em Nova York, 10 de julho de 2008. Photo by Mike Segar</p>