Irã interrompe exportação de gás à Turquia, após corte turcomano

terça-feira, 1 de janeiro de 2008 17:35 BRST
 

Por Hossein Jaseb

TEERÃ (Reuters) - O Irã reduziu sua exportação de gás natural para a Turquia após o Turcomenistão interromper o fornecimento ao país, afirmou nesta terça-feira uma autoridade de Energia iraniana.

O ministro das Relações Exteriores do Turcomenistão disse que o corte das exportações é um medida temporária enquanto serviços de manutenção são feitos em um gasoduto. A autoridade iraniana disse esperar que o fornecimento do Turcomenistão seja restabelecido até o fim da semana.

Alguns meios de comunicação iranianos sugeriram que a interrupção pode estar ligada a uma disputa de preços.

A agência de notícias iraniana Fars afirmou que o país havia reduzido sua venda diária à Turquia em cerca de 75 por cento para 4 a 5 milhões de metros cúbicos devido à medida do Turcomenistão e às baixas temperaturas do inverno.

Autoridades iranianas disseram na segunda-feira que o Turcomenistão havia interrompido a entrega de até 23 milhões de metros cúbicos de gás ao Irã.

O Ministro das Relações Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, disse ter pedido com veemência, por telefone, ao seu colega turcomano, que resolva os problemas técnicos.

"(A interrupção) é causada pela necessidade de reparos e serviços preventivos relacionados à operação do gasoduto", disse o ministério das Relações Exteriores do Turcomenistão em um comunicado. "É um processo tecnológico normal".

Em novembro, o Turcomenistão fechou um acordo para aumento de 30 por cento no preço do gás fornecido ao monopólio de exportação de gás da Rússia, Gazprom .   Continuação...