ANÁLISE-Campanha a presidente ultrapassa fronteira dos EUA

terça-feira, 1 de julho de 2008 11:47 BRT
 

Por Steve Holland

WASHINGTON (Reuters) - Houve um tempo no qual a ida de candidatos à Presidência norte-americana para o exterior para fazer campanha deixaria seus assessores de cabelo em pé.

Mas o democrata Barack Obama e o republicano John McCain farão exatamente isso --Obama vai à Europa e ao Oriente Médio; McCain visitará o México e a Colômbia. E essa tática inclui grandes riscos e grandes benefícios.

Um pouco antes da convenção do Partido Democrata no final de agosto, Obama viajará para França, Alemanha, Grã-Bretanha, Jordânia e Israel. Também estão previstas visitas ao Iraque e ao Afeganistão.

O senador pelo Estado de Illinois em primeiro mandato precisa convencer os norte-americanos de que não é um peso leve em questões de polític