Tempestade tropical Noel castiga Cuba e ruma para Flórida

quarta-feira, 31 de outubro de 2007 11:02 BRST
 

Por Michael Christie

MIAMI (Reuters) - A tempestade tropical Noel, após perder força, começou nesta quarta-feira a caminhar para o norte, enquanto provocava fortes chuvas em Cuba. Segundo especialistas, Noel deve aumentar um pouco de tamanho ao deslocar-se rumo à Flórida e depois para as Bahamas.

A tempestade, que matou ao menos 29 pessoas na República Dominicana e no Haiti devido a enxurradas em ruas e encostas de morros, estava 105 quilômetros a norte-noroeste da cidade cubana de Camaguey, às 10h (horário de Brasília), afirmaram meteorologistas dos EUA.

O Noel locomovia-se na direção norte-noroeste com uma velocidade de cerca de 9 quilômetros por hora, com ventos de 65 quilômetros por hora, afirmou o Centro Nacional de Furacões, uma agência norte-americana.

"Prevê-se que ele se volte para o norte ainda hoje. O centro do Noel deve sair da costa norte de Cuba nas próximas horas e atingir a região noroeste das Bahamas à noite", disse o centro, com sede em Miami.

A tempestade começou a castigar a ilha Hispaniola, perto do Haiti e a República Dominicana, durante o fim de semana, deixando milhares de pessoas sem eletricidade e grandes áreas dos dois países cobertas por enchentes.

Ao menos 18 pessoas morreram no Haiti, e duas pessoas continuavam desaparecidas, afirmou o diretor do Escritório de Proteção Civil, Alta Jean-Baptiste.

"Até agora, contamos 18 corpos, mas a cifra de mortos pode ser maior", disse Jean-Baptiste à Reuters.

Cerca de 3.400 pessoas haviam sido levadas para abrigos de emergência montados pelo governo haitiano. Cerca de 400 casas tinham sido destruídas.   Continuação...