Negociações climáticas da ONU avançam a passos lentos

quinta-feira, 15 de novembro de 2007 16:28 BRST
 

Por Joe Ortiz

VALÊNCIA, Espanha (Reuters) - Os delegados que discutem causas e efeitos das mudanças climáticas globais em evento da ONU ainda parecem distantes de um acordo, disseram fontes ligadas às negociações na quinta-feira.

"Os mesmos governos que são normalmente hostis a reduções obrigatórias de emissões [de gases do efeito estufa] e especialmente ao Protocolo de Kyoto são também os que estão bloqueando os progressos sobre concordar com a ciência segura como base para ação futura", disse Stephan Singer, especialista em clima da entidade ambientalista WWF, numa aparente referência aos Estados Unidos.

Segundo Singer, "um acordo terá de esperar até sábado."

Outras fontes disseram que os delegados avançam lentamente na busca por um texto, a um ritmo aproximado de uma frase por hora. "Acho que teremos de trabalhar noite adentro", disse um participante.

O encerramento das sessões está marcado para as 23h (20h em Brasília). Às 20h (hora local) eles vão parar por cinco minutos para participar de um evento que ocorre em toda a Espanha, destinado a chamar a atenção para a causa climática.

Estão reunidos em Valência cientistas e funcionários ligados ao Painel Intergovernamental da ONU sobre a Mudança Climática (IPCC), que reúne 130 países. O encontro se baseia em três relatórios divulgados neste ano pelo IPCC atribuindo definitivamente o aquecimento global a fatores humanos, e deve resultar em um documento de aproximadamente 20 páginas.

O senador norte-americano John Kerry, envolvido em questões climáticas, disse que o resultado do encontro de Valência servirá de "esboço" para a reunião ministerial de dezembro em Bali, na Indonésia, que lançará o debate sobre um tratado internacional que substitua o Protocolo de Kyoto a partir de 2012.

"Ouvi alguns rumores de que há esforços dos EUA para fazer [o relatório-síntese] recuar em alguns lugares", disse Kerry, candidato democrata derrotado à presidência em 2004.   Continuação...

 
<p>Homem caminha por estrada inundada em Mumbai no dia 3 de agosto. Os delegados que discutem causas e efeitos das mudan&ccedil;as clim&aacute;ticas globais em evento da ONU ainda parecem distantes de um acordo, disseram fontes ligadas &agrave;s negocia&ccedil;&otilde;es na quinta-feira. Photo by Punit Paranjpe</p>