Dívida mobiliária interna recua 0,15% em outubro

quarta-feira, 21 de novembro de 2007 15:09 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A dívida mobiliária interna do governo federal caiu 0,15 por cento em outubro para 1,199 trilhão de reais, segundo dados divulgados pelo Tesouro Nacional nesta quarta-feira.

No período, o governo promoveu um resgate líquido de 13,3 bilhões de reais e a apropriação de juros totalizou 11,5 bilhões de reais.

A participação dos papéis prefixados, considerados melhores para o gerenciamento da dívida, caiu para 35,18 por cento no mês passado, frente a 36,84 por cento em setembro.

No mesmo período, os títulos atrelados à taxa Selic aumentaram de 37,54 por cento para 38,66 por cento do total e os papéis vinculados a índices de preços aumentaram de 25,66 para 26,09 por cento do total. Os dados incluem os contratos de swap cambial.

Em setembro e outubro, o Tesouro recomprou 900 milhões de reais em títulos da dívida externa, em valor de face. O custo financeiro da operação foi de 1,1 bilhão de reais.

(Reportagem de Isabel Versiani)