Arrecadação em campanha eleitoral dos EUA supera PIBs africanos

quarta-feira, 26 de março de 2008 11:04 BRT
 

Por Deborah Charles

WASHINGTON (Reuters) - A oito meses da eleição presidencial norte-americana, os candidatos já arrecadaram quase 1 bilhão de dólares para suas campanhas, o que significa uma quantia superior ao Produto Interno Bruto (PIB) de vários países africanos.

A disputa excepcionalmente longa desta vez --que já dura mais de um ano-- acaba movimentando mais dinheiro, especialmente entre os democratas, que estão superando todos os recordes.

Mesmo ficando para trás, os republicanos somam dezenas de milhões de dólares e ainda têm bastante tempo para arrecadar mais até a eleição de 4 de novembro.

Entre janeiro de 2007 e fevereiro de 2008, os candidatos arrecadaram conjuntamente 814 milhões de dólares. Até o final deste mês, segundo analistas, a soma deve atingir 1 bilhão de dólares.

"Os EUA estão realmente dando um grande passo à frente em termos de gastos nas suas eleições", disse Steve Weissman, do Instituto de Finanças de Campanha, entidade de pesquisas ligada à Universidade George Washington.

Weissman disse que os três principais candidatos --o republicano John McCain e os democratas Barack Obama e Hillary Clinton-- estão arrecadando juntos pelo menos 100 milhões de dólares por mês, e gastando até 93 por cento do que arrecadam.

Para efeito de comparação, sete países africanos (São Tome e Príncipe, Guiné-Bissau, Gâmbia, Comores, Seicheles, Libéria e Djibouti) têm individualmente um PIB inferior a 1 bilhão de dólares, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Embora tenham o cuidado de não criticar o processo político norte-americano, algumas pessoas em entidades humanitárias citam possíveis usos para tanto dinheiro.   Continuação...

 
<p>Arrecada&ccedil;&atilde;o em campanha eleitoral dos EUA supera PIBs africanos. O pr&eacute;-candidato democrata Barack Obama em foto de campanha. Candidatos  j&aacute; arrecadaram quase 1 bilh&atilde;o de d&oacute;lares para suas campanhas, o que significa uma quantia superior ao PIB de v&aacute;rios pa&iacute;ses africanos. 26 de mar&ccedil;o. Photo by Ellen Ozier</p>