14 de Novembro de 2007 / às 16:43 / 10 anos atrás

Eurostar inaugura nova linha rápida entre Londres e Europa

<p>Trens da Eurostar parados nas plataformas ap&oacute;s a inaugura&ccedil;&atilde;o oficial, em Londres. Uma linha expressa entre Londres e Paris, que custou 12,3 bilh&otilde;es de d&oacute;lares, foi inaugurada nesta quarta-feira com a partida de um trem Eurostar da restaurada esta&ccedil;&atilde;o londrina de St. Pancras. Photo by Pool</p>

Por Jeremy Lovell

PARIS (Reuters) - Uma linha expressa entre Londres e Paris, que custou 12,3 bilhões de dólares, foi inaugurada nesta quarta-feira com a partida de um trem Eurostar da restaurada estação londrina de St. Pancras.

A inauguração marcou o fim, exatamente 13 anos depois, da linha até o continente que saía da estação de Waterloo, no sul de Londres.

Ao som de gaitas de foles, um representante da Eurostar cortou a fita amarela e inaugurou a área de embarque da estação, que, em sua construção original, em 1868, foi chamada de a “Catedral das Linhas Ferroviárias”.

A partir de agora, os trens vão partir de St. Pancras, no norte de Londres, para percorrer a 300 km/h os mais de 90 km que separam a estação do túnel que vai até o continente. Com a mudança, os trajetos até Paris e Bruxelas perderam em média 20 minutos.

Agora, para chegar à capital da França, leva-se duas horas e 15 minutos, e o caminho até Bruxelas não chega a duas horas (uma hora e 53 minutos).

Antes, os trens não podiam andar à velocidade máxima do lado inglês. A nova linha é destaque na rede de transporte inglesa, bastante degradada.

Para que o sistema seja ecologicamente correto, a emissão de carbono provocada por cada trem será compensada por investimentos em projetos de energia limpa.

“A viagem foi maravilhosa. Muito tranquila e confortável, e melhor ainda por ser verde”, disse a passageira Joy Greasley, 55 anos, que liderava um grupo de voluntárias do Women’s Institute num passeio de um dia até Paris.

A Eurostar, que enfrenta a concorrência de companhias aéreas, destacou o lado ecológico do empreendimento.

“Nossos passageiros nos dizem que esperam que as empresas e as pessoas reduzam seu impacto ambiental, e é isso que estamos fazendo”, disse o chefe da Eurostar, Richard Brown.

“O primeiro projeto ecológico em que estamos investindo é em energia eólica em Tamil Nadu, na Índia. O próximo será um projeto de micro-hidrelétrica na China.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below