Texas pode ser último esforço de resistência de Hillary

sábado, 1 de março de 2008 11:06 BRT
 

Por Jeff Franks

HOUSTON (Reuters) - O Texas supostamente seria um bastião de sustentação para Hillary Clinton em sua batalha pela indicação democrata à Casa Branca, mas o Estado norte-americano pode se transformar em seu Álamo.

A grande vantagem que Hillary detinha no Estado contra seu concorrente Barack Obama desapareceu e especialistas dizem que a disputa no Texas está caminhando para ser o último esforço de resistência da pré-candidata.

Em um dos capítulos mais famosos da história dos Estados Unidos, militantes pela independência do Texas tentaram deter as forças mexicanas no Álamo, em 1836, mas foram varridos do local por tropas mais potentes e numerosas.

No caso atual, não são soldados, mas o 'momentum' de Obama, ameaçando fazer o mesmo com as aspirações de Hillary à Presidência dos Estados Unidos.

Depois de vencer 11 primárias seguidas, o senador do Estado de Illinois Barack Obama ultrapassou Clinton nas pesquisas prévias no Texas, tirando uma desvantagem que chegou a atingir dois dígitos.

Uma pesquisa realizada pela Reuters, em associação com o canal C-SPAN e o jornal Houston Chronicle, divulgada neste sábado, mostrou Obama liderando com 45 por cento das intenções de voto para a primária da próxima terça-feira, contra 43 pontos para Hillary. A pesquisa tem margem de erro de 4 pontos percentuais.

"É o último ponto de resistência de Hillary e cada vez mais parece que não terá sucesso", afirmou Matthew Wilson, cientista político da Universidade Metodista em Dalas.

"Nesse momento seria difícil ocorrer algo errado com Obama. Ele está em uma jornada formidável e ainda não parece que seu balão começou a esvaziar", acrescentou Wilson.

O Texas, vizinho da terra natal dos Clinton, Arkansas, deveria ser um território cativo da família. Eles possuem laços históricos com os democratas do Estado, assim como forte relacionamento com as populações hispânica e negra da região.

Mas Obama fez grandes avanços nas últimas semanas no Texas, dividindo o voto dos brancos e recebendo amplo suporte do eleitorado negro.

 
<p>A pr&eacute;-candidata democrata &agrave; presid&ecirc;ncia dos EUA Hillary Clinton discursa para simpatizanres durante campanha em Houston, Texas. O Texas supostamente seria um basti&atilde;o de sustenta&ccedil;&atilde;o para Hillary Clinton em sua batalha pela indica&ccedil;&atilde;o democrata &agrave; Casa Branca, mas o Estado norte-americano pode se transformar em seu &Aacute;lamo. Photo by Richard Carson</p>