Alencar ressuscita 3o mandato de Lula; oposição reage

terça-feira, 1 de abril de 2008 19:48 BRT
 

BRASÍLIA/RIO DE JANEIRO (Reuters) - O vice-presidente José Alencar ressuscitou a questão de um terceiro mandato para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao afirmar que "os brasileiros desejam que ele fique mais tempo no poder".

Em entrevista à rádio Bandeirantes, nesta terça-feira, Alencar destacou as características administrativas de Lula, e tocou em um novo mandato.

"Lula tem feito muito, falta muito para fazer. Sou democrata, Lula deseja fazer o seu sucessor, mas o que os brasileiros desejam é que Lula fique mais tempo no poder. Raramente encontramos um cidadão como ele para conduzir o país", disse Alencar.

O vice-presidente afirmou que certas circunstâncias podem mudar o curso da história e citou os Estados Unidos como exemplo.

"Os Estados Unidos têm (mandato presidencial) de quatro anos mais quatro, mas nos anos 30, (Franklin) Roosevelt teve o terceiro mandato, porque os EUA precisavam que ele continuasse e queriam que ele continuasse", disse Alencar, citando o período de recuperação econômica dos EUA após a crise de 1929.

O atual limite de dois mandatos para o cargo de presidente nos Estados Unidos foi definido por emenda à Constituição justamente depois de Roosevelt ter sido eleito quatro vezes para o cargo mais alto do país. Ele, no entanto, não completou o quarto mandato, para o qual foi eleito em 1944, tendo falecido no ano seguinte.

As declarações do vice-presidente desencadearam condenações imediatas da oposição, que viu na frase um atentado à democracia e à Constituição.

"Acho lamentável que o vice-presidente da República de um país como o Brasil, que tem uma tradição democrática confirmada, faça uma defesa dessas", afirmou o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (SP).

"É deplorável, lamentável, não é um democrata que fala isso, é alguém que está a serviço de outros objetivos que não os da democracia. Não temos o menor respeito pelas declarações do vice-presidente", acrescentou o presidente tucano.   Continuação...