PANORAMA2-Lehman Brothers sai do sufoco e anima mercados

terça-feira, 1 de abril de 2008 17:35 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 1o de abril (Reuters) - O setor financeiro internacional trouxe boas notícias nesta terça-feira e fez os mercados começarem o trimestre com o pé direito.

O Lehman Brothers LEH.N levantou 4 bilhões de dólares com uma oferta de ações, afastando o temor de que o banco de investimento pudesse ter o mesmo destino do Bear Stearns BSC.N, que entrou em colapso. As ações do Lehman dispararam 17,8 por cento.

Ao mesmo tempo, o banco suíço UBS UBSN.VX anunciou baixas contábeis adicionais de 19 bilhões de dólares. Mas, o que em outros dias poderia ser visto como um desastre, acabou sendo interpretado por investidores como um sinal de que o pior da crise externa pode já estar acabando. As ações da instituição avançaram 12,3 por cento.

"Foi um bom sinal para deixar essas coisas (a crise de crédito) para trás, mas nós podemos ter outro dia em que o anúncio de prejuízo seja algo negativo", comentou Peter Kretzmer, economista do Banc of America Securities.

No Brasil, a produção industrial caiu 0,50 por cento em fevereiro em relação a janeiro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas teve alta de 9,7 por cento frente ao ano anterior. Foi o vigésimo mês seguido de crescimento na leitura anual.

Já a balança comercial confirmou a desaceleração do superávit, que recuou de 3,3 bilhões de dólares em março do ano passado para 1,012 bilhão de dólares neste ano.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:   Continuação...