CÂMBIO-Dólar segue exterior e sobe em meio a feriado nos EUA

segunda-feira, 1 de setembro de 2008 10:48 BRT
 

SÃO PAULO, 1o de setembro (Reuters) - O dólar começava setembro com alta em relação ao real, acompanhando o movimento internacional no mercado de câmbio em uma sessão de volume fraco por causa do feriado nos Estados Unidos.

Às 10h45, a moeda norte-americana era cotada a 1,642 real, em alta de 0,61 por cento. No exterior, o dólar .DXY atingia o maior patamar do ano em relação a uma cesta com as principais moedas, e a libra caía pela primeira vez em mais de dois anos abaixo de 1,80 dólar GBP=.

O dólar está "acompanhando o fluxo internacional. Aqui, o fluxo está pequeno", disse o gerente de câmbio de um banco estrangeiro, que preferiu não ser identificado. Nos Estados Unidos, o mercado estava parado devido ao Dia do Trabalho.

O motivo apontado por analistas estrangeiros para a valorização do dólar era a queda do preço das matérias-primas, que era reforçada pelo enfraquecimento do furacão Gustav no golfo do México e pela consequente queda do petróleo. O índice Reuters-Jefferies .CRB de commodities operava em baixa de 0,42 por cento.

Na agenda doméstica, o governo divulga por volta de 11h a balança comercial de agosto. A expectativa de analistas do banco francês BNP Paribas é que haja uma queda em relação ao superávit de 3,3 bilhões de dólares de julho, o que ajuda a compor o cenário favorável à valorização do dólar.

(Reportagem de Silvio Cascione; Reportagem adicional de Jenifer Corrêa; Edição de Alexandre Caverni)