Grupo de educação COC lança ações na Bovespa dia 18

segunda-feira, 1 de outubro de 2007 12:25 BRT
 

SÃO PAULO, 1o de outubro (Reuters) - O setor de educação ganha mais uma empresa na Bolsa de Valores de São Paulo este mês. A Sistema Educacional Brasileiro (SEB), também conhecida como Grupo COC, fará uma operação que pode movimentar cerca de 725 milhões de reais.

A oferta inicial envolve distribuição primária e secundária de 12,5 milhões de units para listagem no Nível 2 da Bovespa, com a possibilidade de ser elevada em até 4,375 milhões de ações, referentes aos lotes suplementar e adicional.

De acordo com previsão dos coordenadores, o preço por unit, composta por uma ação ordinária e seis preferenciais, ficará entre 33 reais e 43 reais. Levando-se em conta o teto da estimativa e o exercício completo dos lotes extras, a oferta alcançaria 725,63 milhões de reais. Os dados constam de aviso ao mercado divulgado nesta segunda-feira.

A empresa atua há 44 anos no mercado em segmentos que vão de ensino básico a superior. No fim do primeiro semestre, contava com 20.189 alunos próprios e cerca de 186 mil alunos em instituições de parceiros privados, em 16 Estados.

Os recursos obtidos com a oferta primária serão usados principalmente para aquisições de instituições de educação básica e superior e despesas de marketing, além de investimentos em instalação e expansão.

"Temos uma estrutura completa em nossas unidades próprias para sustentar nossa estratégia de crescimento em regiões próximas ao município de Ribeirão Preto e as Capitais São Paulo, Belo Horizonte, Vitória, Goiânia, Maceió, Distrito Federal, e Salvador", afirmou a companhia no prospecto preliminar.

O grupo teve lucro líquido de 16,4 milhões de reais no primeiro semestre de 2007, frente ao ganho de 11 milhões de reais em igual período de 2006.

O período de reserva de ações vai de 8 a 15 de outubro, com a estréia prevista na Bovespa para o dia 18.

A empresa segue o caminho das rivais Estácio ESTC11.SA, Anhanguera AEDU11.SA e Kroton KROT11.SA, que lançaram ações na Bovespa este ano.

Nesta segunda-feira, o UBS Pactual iniciou a cobertura da Estácio Participações com recomendação de "compra" e preço-alvo de 38 reais. As ações disparavam quase 6 por cento, para 20 reais nesta sessão, frente à valorização de 1,51 por cento do Ibovespa .BVSP.

"(O tamanho da Estácio) permite economia de esacala, padronização de programas e processos, negociação com sindicatos, 'expertise' regulatório e forte geração de caixa", afirmaram os analistas Eduardo Nishio e Rafael Espirito Santo, do UBS Pactual, em relatório.